Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?

Cigarro, Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?, Abreu Cardiologia

Se algumas décadas atrás o cigarro era um símbolo de elegância e estilo, hoje nem é preciso ser fumante para saber que o tabagismo traz uma série de riscos à saúde.

Cigarro, Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?, Abreu Cardiologia

Os números não mentem

Antes de mais nada, precisamos frisar que o cigarro é a principal causa de morte evitável no mundo e diminui cerca de 20 anos de vida de expectativa do fumante.

Achou pouco? Estima-se que algo próximo a 7 milhões de pessoas morrem anualmente devido ao tabagismo.

De uma forma geral, o tabaco está associado ao desenvolvimento de mais de 50 tipos de patologias diferentes e representa 25% dos casos de infarto do miocárdio.

Adicionalmente, os fumantes passivos também entram na conta, visto que eles têm até 30% de chance de desenvolver doenças cardíacas.

Em contrapartida, a notícia boa é queApós um ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido pela metade.

Cigarro, Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?, Abreu Cardiologia

Cigarro e doenças cardiovasculares

Primeiramente, é preciso dizer que, o propósito dos números apresentados acima, não é de forma alguma aterrorizar, mas sim de alertar e comprovar que, o tabagismo é um dos maiores e mais conhecidos vilões da saúde do coração.

Dessa forma, agora vamos te mostrar o que ele provoca em seu organismo e como pode levá-lo a desenvolver tais patologias.

Bom, o cigarro provoca uma lesão no endotélio – parede de células que reveste os vasos sanguíneos. Assim, essa agressão prejudica a ação de uma substância protetora chamada óxido nítrico, deixando as artérias mais vulneráveis ao acúmulo de gordura. Além disso, ele prejudica o mecanismo de contração e relaxamento, que dificultam a circulação sanguínea.

Outro processo associado ao fumo é a oxidação do colesterol – cuja a importância te contamos neste post (saiba mais aqui) – que juntamente com a formação de placa de gordura na parede das artérias (aterosclerose) , aumenta a chances de infarto.

Somando todos esses efeitos em uma paciente que faz uso de anticoncepcional, podemos compará-la a uma bomba relógio, com uma grande propensão de sofrer um AVC, bem como trombose.

Cigarro, Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?, Abreu Cardiologia

Não existe dose segura

A máxima “tudo em excesso faz mal” não cabe aqui, pois não existe uma quantidade segura para se consumir tabaco. Desse modo, basta um único cigarro para contrair todos os vasos sanguíneos do corpo. Em outras palavras, as artérias do fumante endurecem mais e, o coração, por sua vez, precisa trabalhar de maneira mais intensa.

Cigarro, Tabagismo e saúde do coração: Vamos falar sobre?, Abreu Cardiologia

Como parar de fumar?

A maior parte dos fumantes quer parar, por outro lado, não sabe como ou tem receio de afastar as pessoas próximas, por ficar mais irritado no início desse processo de desintoxicação do tabaco.

De fato, o vício mexe com a cabeça das pessoas e não queremos enganá-lo dizendo que é fácil. Definitivamente não é. Contudo, os benefícios de poder viver com mais saúde, ter mais fôlego para atividades diárias e aproveitar a vida com mais qualidade, precisam estar em mente sempre que a vontade da tragada atormentar.

Dessa forma, não existe uma fórmula que funcione para todos, mas trouxemos algumas dicas que podem lhe ajudar a jogar o vício fora. Vamos lá?

  • Comece uma atividade que ajude a liberar a ansiedade. O exercício físico é uma boa pedida, já que além de auxiliar no controle do estresse, libera endorfina e proporciona uma sensação de bem-estar;
  • Não tenha vergonha de procurar ajuda, seja de familiares e também psicológica.
  • Resista às armadilhas mentais, não existe “só um trago”, uma vez que uma tragada já pode prejudicar toda a sua luta contra esse vilão.

Resumidamente, confira o vídeo do Dr. Dorival Della Togna sobre o assunto:

Gostou do post de hoje? Cadastre seu e-mail para se inscrever e receber conteúdos exclusivos.

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

Close Menu