Vitamina K2: tudo o que você precisa saber

vitamina K2, Vitamina K2: tudo o que você precisa saber, Abreu Cardiologia, Abreu Cardiologia

A maioria das pessoas nunca ouviu falar em vitamina K2. No entanto, este nutriente poderoso desempenha um papel essencial em muitos aspectos da sua saúde. De fato, a vitamina K2 pode ser o elo que falta entre a dieta e várias doenças crônicas.

O que é vitamina K?

A vitamina K foi descoberta em 1929 como um nutriente essencial para a coagulação sanguínea (coagulação sanguínea).

Existem duas formas principais de vitamina K:

  • Vitamina K1 (filoquinona): Encontrada em alimentos vegetais, como folhas verdes.
  • Vitamina K2 (menaquinona): encontrada em alimentos para animais e alimentos fermentados. [1]

Como funcionam as vitaminas K1 e K2?

A vitamina K ativa proteínas que desempenham um papel na coagulação do sangue, metabolismo do cálcio e saúde do coração.

Uma de suas funções mais importantes é regular a deposição de cálcio. Em outras palavras, promove a calcificação dos ossos e impede a calcificação dos vasos sanguíneos e rins. [2, 3]

Além disso, alguns cientistas sugeriram que os papéis das vitaminas K1 e K2 são bem diferentes e, por isso, muitos acham que devem ser classificados como nutrientes distintos.

Essa ideia é apoiada por um estudo em animais mostrando que a vitamina K2 reduziu a calcificação dos vasos sanguíneos, enquanto a vitamina K1 não. [4]

Estudos controlados em pessoas também observam que os suplementos de vitamina K2 geralmente melhoram a saúde dos ossos e do coração, enquanto a vitamina K1 não apresenta benefícios significativos. [5]

No entanto, são necessários mais estudos em humanos antes que as diferenças funcionais entre as vitaminas K1 e K2 possam ser totalmente compreendidas.

vitamina K2, Vitamina K2: tudo o que você precisa saber, Abreu Cardiologia, Abreu Cardiologia

Benefícios da vitamina K2 para o coração

O acúmulo de cálcio nas artérias ao redor do coração é um enorme fator de risco para doenças cardíacas. Portanto, qualquer coisa que possa reduzir esse acúmulo de cálcio pode ajudar a prevenir doenças cardíacas.

Estudos apontam que a vitamina K ajuda a impedir o depósito de cálcio nas artérias. [6]

Em um estudo de 7 a 10 anos, as pessoas com maior ingestão de vitamina K2 tiveram 52% menos probabilidade de desenvolver calcificação da artéria e tiveram 57% menos risco de morrer de doença cardíaca. [7]

São necessários mais estudos controlados de longo prazo sobre vitamina K2 e doenças cardíacas. Ainda assim, existe um mecanismo biológico altamente plausível para sua eficácia e fortes correlações positivas com a saúde do coração.

Fonte: Healthline

Outros benefícios da vitamina K para o organismo

  • Melhora a coagulação sanguínea;
  • Fortalece os ossos, evitando a osteoporose;
  • Evita hemorragia em bebês prematuros.

Como obter vitamina K2?

vitamina K2, Vitamina K2: tudo o que você precisa saber, Abreu Cardiologia, Abreu Cardiologia

Embora a deficiência de vitamina K seja rara, uma ingestão abaixo do ideal pode prejudicar sua saúde ao longo do tempo. Vários alimentos amplamente disponíveis são fontes ricas de vitamina K1, mas a vitamina K2 é menos comum.

A vitamina K1, a forma mais comum de vitamina K, é encontrada principalmente em alimentos de origem vegetal, especialmente vegetais verdes folhosos escuros. A vitamina K2, por outro lado, é encontrada apenas em alimentos de origem animal e alimentos vegetais fermentados

Ambas se complementam e, quanto metabolizadas no intestino, trazem uma série de benefícios à saúde.

Quer colher todos os bons frutos da vitamina K para o seu organismo, de forma natural e saudável? Confira alguns alimentos ricos neste nutriente:

  • Couve
  • Acelga
  • Espinafre
  • Couve-flor
  • Brócolis
  • Alface
  • Repolho
  • Fígado bovino
  • Gema de ovo

Cuidado com os excessos

Como você já sabe, tudo em excesso é ruim, inclusive as vitaminas. Isso porque a vitamina K é lipossolúvel, tal como a vitamina A, E e D. Quando ingeridas grandes quantidades, uma pode interferir e até impedir a absorção das outras.

Além disso, a vitamina K em excesso pode interferir no efeito de medicamento anticoagulantes, logo, nada de suplementar qualquer vitamina ou mineral sem a supervisão e autorização expressa de um médico, combinado?!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.